13 de fevereiro de 2012

E que não fique o dito pelo não dito!

Vejam chamada principal da matéria da Época sobre a palestra de Sugata Mitra, na última terça-feira, dia 7, durante a abertura da #Educaparty.






















Quando se lê o texto todo, percebe-se que não foi bem isso o que o pesquisador indiano disse... que "Um professor pode ser substituído por uma máquina". Vejam a explicação no trecho grifado.
Na verdade, - e conforme o próprio Sugata disse -, a frase usada por ele é uma adaptação de uma outra frase, de Arthur C ClarkeAny teacher that can be replaced by a machine should be! Qualquer professor que possa ser substiuído por uma máquina deveria ser ( ou sê-lo, para ficar + correto). 
Para o leitor incauto, entretanto, a chamada pode levar a uma leitura errônea e criar uma grande polêmica. Já o leitor mais atento, percebe a chamada como uma estratégia da mídia. 
Em tempo
O professor que pode ser substituído por uma máquina é aquele que apenas "entrega a informação" ... "passa o conteúdo" ... Para isso, existe o Google...não precisa de professor ... esse, então, é o "tipo de professor" que pode e deve ser substituído por um computador! 
Só esperamos que não fique o dito pelo não dito!