11 de setembro de 2014

Multi, pluri, inter, trans, metadisciplinar: qual o significado de cada um desses conceitos?

"A construção de uma escola democrática passa, necessariamente, pelo rompimento com uma visão "seletiva* e propedêutica**", e uma das formas de empreender essa construção é desenvolver um ensino interdisciplinarUm ensino no qual as atividades de aprendizagem dêem prioridade à capacidade de pensar os problemas reais que afligem a sociedade, problemas esses que não pertencem a uma disciplina específica e que para serem resolvidos precisam dos conhecimentos científicos disciplinares." Vinicius Signoreli 
Mas nem sempre estão claras para o professor essas relações entre as disciplinas. Multi, pluri, inter, trans, metadisciplinar: qual o significado de cada um desses conceitos? 
Vamos lá ... 

Na prática ... 

"Pensando nessa metadisciplinaridade, podemos afirmar que muitos "objetos de estudo" podem ser selecionados por professores e alunos de uma escola. 

Exemplos: a produção e o destino do lixo em uma cidade (na própria escola ou no bairro em que ela se encontra); o controle de epidemias transmitidas por insetos na região em que se situa a escola; a produção e distribuição de energia no país e os problemas que podem levar ao risco de um"apagão". 
Questões amplas como essas podem desencadear um trabalho pedagógico interdisciplinar. As reflexões sobre suas possíveis soluções levam à eleição dos conteúdos disciplinares que precisam ser compreendidos para que as soluções possam ser construídas, tornando então as disciplinas "o meio que dispomos para conhecer uma realidade que é global ou holística".
*Ensino seletivo é aquele voltado à escolha dos melhores. Os que conseguem fazer as provas, os que conseguem aprender sem precisar de ajuda específica, os que já vêm "preparados de casa".
**Ensino propedêutico é aquele organizado com o único objetivo de levar o aluno a um nível mais adiantado. É sempre um ensino preparatório.
.